+.png
-.png
PROJETO AZUL
2014- presente

Martha Niklaus desenvolve o projeto AZUL desde 2014, em viagens pelos rios Arapiuns e Tapajós, no Pará, norte do Brasil. A cor azul foi escolhida porque representa a Terra e, por isso, está relacionada às preocupações da artista com a sustentabilidade do planeta e ao trabalho que vem realizando com comunidades ribeirinhas e urbanas por meio de programas educativos.

Uma das leituras possíveis é que NAU-NOW quer nos trazer consci-ência da nossa transiência, da nossa impermanência no mundo e da voracidade com que destruímos a natureza, o sentido de fluxo, de energia, de desmaterialização. Este trabalho é uma reflexão ecológi-ca e uma reflexão sobre a natureza da arte como elemento estético, político, social, como linguagem em sua capacidade de “dar-nos a ver” – na expressão de Georges Didi-Huberman.

Esse trabalho está inserido no PROJETO AZUL, uma “expedição utó-pica” para a Amazônia de que a artista participou pela primeira vez em 2014 e que organizou em anos subsequentes. Um projeto cole-tivo que inclui pessoas com interesses afins. Alguns trabalhos são feitos com esse coletivo, como o vídeo FLUTUAR. Outros são desen-volvidos com escolas dessa comunidade ou em trocas com alunos de escolas do Rio de Janeiro.

Uma parte desse projeto acontece no contato e nas trocas com a população ribeirinha local. A artista-cronista-viajante levava uma maleta com objetos de apoio à sua sobrevivência e dispositivos para desencadear ações, todos de cor azul. Ela diz “fui aprender com eles sobre modos de vida e de sobrevivência”, no que seria uma reversão da linearidade da história da cultura, em que se pretende que os civilizados educam os primitivos, e não há uma relação de paridade.

 

Esse gesto é quase dadaísta de tão paradoxal, desconstrutivo por certo, uma vez que é o civilizado quem vai aprender com o nativo. É como a maleta de Duchamp, parte de um projeto utópico e tam-bém crítico, que atua no próprio sistema de arte. O movimento de ir aprender com os nativos novas formas de cultura significa aceitar que nos tornamos os bárbaros da nossa civilização contemporânea.

(Paula Terra- Neale, curadora e Dir; da

Terra-Arte Projetos Curatoriais)

+.png
-.png
PROJETO AZUL
2014- 2018

instalação  5 videos, áudio ambiente, objeto em palha, 8 redes  | 5 videos, ambient sound, straw object, 8 hammocks

Vista da exposição "História de Peixes, Iscas e Anzóis", Centro Cultural do Patrimõnio Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil, 2018

PROJETO AZUL (2014-presente). Martha Niklaus desenvolve o projeto AZUL desde 2014, em viagens pelos rios Arapiuns e Tapajós, no Pará, norte do Brasil. A cor azul foi escolhida porque representa a Terra e, por isso, está relacionada às preocupações da artista com a sustentabilidade do planeta e ao ...

+.png
-.png
2014

O vídeo NAU – NOW (2014) exibe a infiltração de um líquido de cor azul na água contida dentro de recipientes transparentes montados em forma de um barco. Em uma ação exaustiva, a artista vai acrescentando água e mais água nestes recipientes até trazer de volta a limpidez inicial da água. A ação feita na proa do barco incorpora a água do rio através da lente gerada pelo vidro do recipiente, criando uma justaposição de imagens permeadas de movimento. Este vídeo faz parte do projeto Azul, realizado em viagens pelo rio Arapiuns, no Pará, norte do Brasil. ...

+.png
-.png
2017 - 2018

Em viagem pelo rio Arapiuns, no Pará, em 2017, a artista Martha Niklaus propõe aos seus companheiros de bordo a experiência de criar sombras na lona do barco onde navegavam. Com improvisações, cada componente criou sua coreografia com movimentos e ritmos ao som de Ong So Hung – The Guru Single Experience. Flutuar é realizado na sua quinta viagem a está região amazônica e integra o Projeto Azul, iniciado em 2014. Participantes: André Pfefer, Bia Mediros, Elio Grossman, Fernando Vertis Grossman, Guilherme Rozenbaum, Hermano Lemme, Isabel Balleste, Jacqueline Belotti, Jaime Godinho, Jana Glatt Rozenbaum, Jonas, Juliana Harari, Juliano ...

+.png
-.png
2014- 2018

vídeo  15’06” looping

imagens  Cláudia Oliveira

finalização do vídeo  Marianne Antabi
finalização do áudio Alexandre Brasil

+.png
-.png
2014 - 2018

vídeo:  15’37” looping


imagens : Elodye Chleba

finalização do vídeo Marianne Antabi
finalização do áudioAlexandre Brasil

+.png
-.png
2014 - 2018

vídeo  15’01” looping

Participação Renee Douek e crianças da Escola Municipal Nossa Senhora de Nazaré, em Cachoeira de Aruã, comunidade ribeirinha do rio Arapiuns, Pará

finalização do vídeo Marianne Antabi

finalização do áudio Alexandre Brasil

+.png
-.png
2014

performance  (praia de Maria José, rio Tapajós, Pará, Brasil)
fotos Alice Kohler

25 fotografias da performance
impressão digital Fine art
Edição limitada de imagens individuais e em sequências

+.png
-.png
2014

Série de fotos que fazem parte do PROJETO AZUL, que a artista Martha Niklaus vem desenvolve desde 2014, em viagens pelos rios Arapiuns e Tapajós, no Pará, norte do Brasil. A cor azul faz referência ao planeta Terra e sua sustentabilidade, e se coloca como um fio condutor na produção de obras durante as viagens, até 2018. ...

+.png
-.png
2016

OUTROS COMEÇOS

PÓS CADERNOS 01

COLETÂNEAS

Analu Cunha, Cadu, Daniela Mattos, Fabio Mourilhe, Leonardo Bertolossi e Patrícia Guimarães

2016

COMPASSO BINÁRIO (NÃO)

Analu CUNHA

2016

SAIBA MAIS ...